O método que aqui apresento foi adaptado de dois já existentes, no outro post esqueci-me de colocar este site. Como eu não encontrei na Internet uma página em português que explicasse tão bem o processo de fazer iogurte e com fotografias, que é mais fácil de memorizar, resolvi tentar fazer o meu melhor e reproduzir aqui como eu fiz o meu. Esta foi a primeira vez que eu fiz iogurte, a única coisa que tive de comprar foi o termómetro de culinária.

Na fotografia, tudo o que é necessário para fazer iogurte, mais umas mantas ou cobertor.

 – 2 Tachos, um que caiba dentro do outro para fazer banho-maria e tampa para o tacho mais pequeno (os meus não fica bem dentro mas resultou)

– Espátula

– Termómetro de cozinha

– Prato (para pousar a espátula e o termómetro quando não está a ser usado)

– Caixa de plástico ou outra coisa para guardar o iogurte no frigorifico (eu preferia de vidro, mas não tinha suficiente!)

– 1 Litro de Leite do dia

– 2-3 colheres de Iogurte natural

Notas: O iogurte e o leite devem estar ‘a temperatura ambiente

 

 1. Esterilizar o material: Primeiro que tudo esterilizar todo o material com água a ferver.

Eu utilizei a agua que fervi com o jarro térmico eléctrico. Coloca-se a água a ferver e passado uns 2 ou 3 minutos tira-se. 

 

 

 2.Aquecer o leite: Coloca-se o tacho pequeno dentro do grande, deita-se o leite no tacho pequeno e depois coloca-se água no tacho grande para fazer o banho-maria e assim aquecer o leite.

 Nota: Também se pode aquecer o leite directamente no fogo, mas se o leite se queimar vai estragar o iogurte, por isso é que eu utilizei este método.

 

 

 

 

 

 3. Temperatura do leite: O leite deve ser aquecido até 185°F (mais ou menos 76-82C). A esta temperatura mata-se as bactérias e modifica-se a proteína que permite a solidificação do iogurte. 

             Enquanto o leite não atinge a temperatura desejada deve mexer-se constantemente. E entretanto enche-se a bacia com água fria para esfriar o leite, para acelerar o processo pode-se adicionar ‘a agua gelo (como eu fiz pouca quantidade, 1lt de leite, não precisei do gelo).

 

 4. Esfriar o leite até 110°F (40-43C) e inocular: Quando o leite aqueceu até à temperatura desejada, retira-se o tacho pequeno do lume e coloca-se na bacia com a água para que o leite esfrie ate 110°F (40-43C), quando atingir esta temperatura retira-se da água e adiciona-se umas 2-3 colheres de iogurte natural. Deve mexer-se bem para misturar bem o iogurte com o leite para que a bactéria se multiplica por igual no leite.

Nota: A água fria deve estar mais ou menos à altura do leite, tal como no banho-maria, a água quente deve estar mais ou menos à  altura do leite no tacho pequeno. 

 

5. Cobrir e esperar: Depois do leite bem misturado, mas cuidado para não arrefecer demasiado, tapa-se o tacho e cobre-se com cobertores e/ou mantas e coloca-se no sitio quente. O iogurte estará pronto entre 6 a 7 horas.

Nota: Atenção, o iogurte deve permanecer quente e sem ser perturbado durante o tempo de espera.
Nos outros métodos que li, um dizia para se usar um aquecedor (ou algo parecido) e o outro para usar um saco termo para manter a temperatura. Nos comentários li que há pessoas que simplesmente embrulham o iogurte em mantas para manter quente. Foi isso que eu fiz, ainda pensei em colocar debaixo dos cobertores na cama, mas como era por volta das 15 horas, tinha medo de querer ir para a cama e ter que retirar o iogurte do sítio, por isso embrulhei em mantas e coloquei num canto do sofá. Por estes lados o tempo não é assim tão quente e eu não tenho o aquecimento ligado, no entanto funcionou bem! Eu deixei ficar durante 7 horas e meia (mais ou menos). O iogurte não ficou tão espesso como o que se compra, mas isso a mim não me incomoda. Pode-se deixar o iogurte durante mais tempo para engrossar mais um pouco, mas o iogurte ficará um pouco mais azedo pois terá menos lactose, mas é uma questão de experimentar…
Outra coisa, na próxima vez, embrulho o tacho num pano antes de embrulhar as mantas, pois a primeira manta, ficou suja, eu não sei se tem a ver com a fermentação ou o movimento do transporte, mas é só para evitar ter que lavar a manta de cada vez que faço iogurte!

6. O iogurte está feito! : Depois do tempo de espera, desenrola-se as mantas do tacho. No topo do iogurte aparecer um liquido amarelado um pouco viscoso, isso é normal e segundo os outros sites é ácido láctico que se pode deitar fora ou misturar no iogurte. Eu misturei tudo para que o iogurte fique todo por igual depois coloquei na caixa de plástico e pus no frigorífico, na parte de trás que é a mais fria. Esta manha, mal podia esperar para comer!
Segundo os outros métodos este iogurte dura mais ou menos 2 semanas.

 

 

Nota: Deve congelar-se um pouco deste iogurte para utilizar na próxima vez ou fazer novamente dentro de 3-4 dias.
A quantidade de leite que se utiliza é a quantidade final de iogurte que teremos, deve-se adicionar um pouco mais de iogurte se utilizar-mos mais leite.
Utilizar sempre iogurte natural.